MOGI MIRIM- SP

 Em 1886, os fazendeiros de Mogi Mirim começaram a angariar o trabalho de imigrantes estrangeiros para suas lavouras de café e algodão. Eram italianos, portugueses, espanhóis e, posteriormente, sírio-libaneses e japoneses. Juntamente com os mogimirianos de origem, os imigrantes e seus des-cendentes nacionais vêm concorrido expressivamente para a vida comunitária em todos os campos, como agrícola, comercial, industrial, social, político, cultural, profissional liberal, associativo, e de prestação de serviços

limites no rio Ati-baia e no rio Grande, este na divisa entre São Paulo e Minas Gerais. Com o passar do tempo, foram se formando arraiais e povoados como Franca, Casa Branca, Rio Claro, Mogi Guaçu, Itapira, São João da Boa Vista, Serra Negra, Pinhal e inúmeros outros.
   Pela Lei nº 17, de 3 de abril de 1849, o Presidente da Província de São Paulo, Padre Vicente Pires da Mota, elevou a Vila de Mogi Mirim à categoria de Cidade. Por Lei Provincial datada de 17 de julho de 1852, Mogi Mirim passou a ser sede de Comarca.

 Em 1886, os fazendeiros de Mogi Mirim começaram a angariar o trabalho de imigrantes estrangeiros para suas lavouras de café e algodão. Eram italianos, portugueses, espanhóis e, posteriormente, sírio-libaneses e japoneses. Juntamente com os mogimirianos de origem, os imigrantes e seus des-cendentes nacionais vêm concorrido expressivamente para a vida comunitária em todos os campos, como agrícola, comercial, industrial, social, político, cultural, profissional liberal, associativo, e de prestação de serviços

CONHEÇA OS PONTOS TURÍSTICOS

Conhecido como Lavapés/ Zerão, o parque está localizado em área próxima do Centro, oferece recursos para a prática de atividades físicas, esportivas, culturais e de lazer. Possui área para cooper, ciclovias, campo de futebol, academia o ar livre, quadras poliesportivas e um amplo lago

Complexo de Lazer “José Geraldo Franco Ortiz” 

Inaugurada em 1875 pelo Imperador D. Pedro II, a Estação Ferroviária da antiga Companhia Mogyana de Estradas de Ferro, está localizada a três quadras da praça principal da cidade, passou por processo de restauração em 2007 e abriga atualmente o Centro Municipal de Aperfeiçoamento do Magistério “Antônio de Souza Franco”, conhecido como Estação Educação, também é um espaço voltado para a capacitação, cursos, palestras, debates e realização de outros eventos para alunos da rede pública municipal e de servidores da Secretaria de Educação de Mogi Mirim.

Antiga Estação Ferroviária

Está localizada na praça Rui Barbosa, a Igreja Matriz de São José é reconhecida como um dos mais belos cartões postais de Mogi Mirim.  Em 29 de julho de 1747, por ordem de Dom Bernardo Rodrigues Nogueira, que era o primeiro Bispo de São Paulo, inciaram-se os alicerces da Igreja de São José. Embora ainda não concluída a igreja tem estilo gótico romano, sendo uma réplica da Catedral de Notre Dame, em Paris. Possui 68 metros de comprimento e 25 metros de largura. Suas torres possuem 32 metros de altura, seus campanários e agulha 23 metros. Localiza-se na Praça São José, no centro da cidade.

Igreja Matriz de

São José

1/7

 LAZER E ENTRETENIMENTO

1/2
  • Facebook Social Icon
  • Instagram ícone social

R. Sete de Setembro, 622 - Aterrado, Mogi Mirim

Zoológico Municipal "Luiz Gonzaga Amoêdo Campos"

  • YouTube ícone social
  • Sem título-2
  • Facebook Social Icon
  • Instagram ícone social

 

Rua Professor Ferreira Lima, 150, Centro - Jardim Aurea, Mogi Mirim

Estádio do Mogi Mirim Esporte Clube, Romildo Vitor Gomes Ferreira

  • YouTube ícone social
  • Sem título-2

Vitrine de Negocio

Sabor da Roça

Rua Dom Pedro,55-Centro.

(19)3896-9999

Sabor da Roça

Rua Dom Pedro,55-Centro.

(19)3896-9999

Sabor da Roça

Rua Dom Pedro,55-Centro.

(19)3896-9999

Sabor da Roça

Rua Dom Pedro,55-Centro.

(19)3896-9999

1/1

© 2019 Caminhos da Região - Todos os Direitos Reservados.

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram