ESPIRITO SANTO DO PINHAL -SP

    Religiosidade, disputa judicial e trágicos acontecimentos cercaram a fundação de Espírito Santo do Pinhal Corria o ano de 1849. Homem profundamente religioso e equilibrado, o fazendeiro Romualdo de Sousa Brito começava mais um dia de trabalho em suas terras, iniciando a derrubada de alguns pinheiros - então existentes no atual largo da Matriz - para o plantio de milho quando gritos de desafio e tiros de espingarda foram-lhe dirigidos pelos proprietários das terras vizinhas, obrigando-o a interromper o serviço  Espírito Santo do Pinhal surgiu na primeira metade do século XIX, quando Romualdo de Souza Brito, vindo de Mogi das Cruzes, estabeleceu-se

nestas terras dedicando-se à agricultura juntamente com outros membros de sua família. No entanto houve uma demanda sobre posse de parte de suas terras, feita por outros agricultores que chegaram em seguida. Romualdo de Souza Brito e sua esposa, Dona Tereza Maria de Jesus, resolveram solucionar o problema doando as terras disputadas para a formação do patrimônio do Divino Espírito Santo.   A partir dessa doação, que compreendia 40 alqueires de terras, retiradas da Fazenda do Pinhal, que pertencia a Freguesia de Moji Guaçu, surgiu em 1860 o povoado que recebeu o nome de Pinhal.
  

   A fazenda possuía esse nome devido a quantidade de araucárias existentes no local. Em 1881, o vereador Armando Soares de Abreu Caiuby, mostrou a necessidade de se alterar o nome da vila, expondo o fato de existirem diversas localidades com o nome de Pinhal, o que favorecia a entrega de correspondência e cargas comerciais. Propôs o nome de Vila do Espírito Santo do Ibicury, aprovado por maioria de votos. Após alguns dias, essa decisão foi revogada e o nome passou a ser Espírito Santo do Pinhal.     Em 1938, passou a ser denominado apenas Pinhal e novamente em 1974, prevaleceu o nome do padroeiro, e a cidade passou a ser definitivamente Espírito Santo do Pinhal

CONHEÇA OS PONTOS TURÍSTICOS

   A família Guaspari transformou uma antiga fazenda de Café em Espírito Santo do Pinhal em uma bela e instigante vinícola. A fazenda tem tanto a beleza da natureza, como uma estrutura física, que inclui a mais moderna tecnologia para produção de vinhos finos. O projeto de enoturismo foi reaberto, e ja iniciaram as visitas  Para mais detalhes entre em contato com a Guaspari

Vinícola Guaspari

A Igreja de Santa Luzia localiza-se no bairro rural de mesmo nome na cidade de Espírito Santo do Pinhal/SP.

A região onde se situa era conhecida – em fins do século XIX – como Bairro Morro Azul e fazia parte da Fazenda Monte Alegre de propriedade do tenente-coronel Vicente Gonçalves da Silva, que herdara de familiares.

Santuário de Santa Luzia

 Praça central da cidade, recentemente reformada, arborizada e muitos lugares para sentar e descansar. Abriga também a Igreja Matriz. Tivemos a sorte de estar no final do dia e contemplar o belo por do sol na serra. Aproveite e conheça a Igreja Matriz.

Praça da Independência

Parque relativamente bem cuidado, bem arborizado/sombreado bom para caminhar andar de bicicleta. Passeio para seniors, jovens e crianças

Lago Municipal

1/1

1/3

Vitrine de Negocio

1/1

Sabor da Roça

Rua Dom Pedro,55-Centro.

(19)3896-9999

Sabor da Roça

Rua Dom Pedro,55-Centro.

(19)3896-9999

Sabor da Roça

Rua Dom Pedro,55-Centro.

(19)3896-9999

Sabor da Roça

Rua Dom Pedro,55-Centro.

(19)3896-9999

© 2019 Caminhos da Região - Todos os Direitos Reservados.

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram